займы онлайн наличными микрозаймы онлайн наличными займы онлайн микрозаймы онлайн срочные займы онлайн наличными срочные микрозаймы онлайн наличными займ онлайн микрозайм онлайн займ онлайн наличными микрозайм онлайн наличными

Espanha 1982

Primeira copa do mundo a ter 24 participantes o mundial da Espanha ficou marcado, para nós brasileiros, pelo bom futebol apresentado e pela tragédia do Sarriá, para o restante do mundo, pela valorização do futebol tático e defensivo da campeã Itália. Foi também a primeira copa acompanhada pelo blogueiro in loco, quer dizer, aos seis anos de idade eu vi a copa. Agora lembra da copa…
O mundial teve vários momentos marcantes. Pela primeira vez paises nao muito tradicionais como Kwait, Camarões, Honduras, Argélia e Nova Zelandia participaram do torneio. Com a elevação do numero de seleções a Fifa agradou a muita gente, mas tbem baixou o nivel dos jogos, apesar das boas surpresas como as africanas Argelia e Camarões. Goleadas como a da Hungria sobre El Salvador por 10×1, a maior da história das copas, 5×2 da Escócia contra o Kwait e mais algumas, além de alguns empates frustrantes mostraram ao mundo a pouca categoria de paises onde o futebol não é lá essas coisas. Em compensação os tradicionais gigantes Brasil, Italia, Alemanha e Argentina, deixaram bem claro suas escolas futebolisticas. A Italia com a valorização da defesa e do contra ataque, a Alemanha com a valorização de um jogo mais forte aproveitando a força de seus jogadores e o Brasil com o seu tradicional futebol envolvente e cheio de dribles. A Argentina apresentou ao mundo Diego Maradona, que ao mesmo tempo que encantava os dirigentes do Barcelona e o mundo com seu futebol vistoso decepcionou por perder a cabeça e ser expulso no jogo contra o Brasil.
Muitos jogões aconteceram pelos gramados espanhois. Mas Brasil x Italia, Alemanha x França e Alemanha x Italia, foram realmente inesquecíveis. Brasil x Italia fizeram um jogo sensacional ainda na segunda fase. O Brasil com 100% de aproveitamento, encarava uma Italia claudicante de tres empates na primeira fase e uma unica vitória contra a Argentina. Depois de muitas alternativas, e do show de Paolo Rossi, a Italia mandou de volta para casa o futebol ofensivo do Brasil com uma convicente vitoria por 3×2. O detalhe fica para os italianos que foram ao jogo de malas prontas e vou marcado para Roma crentes que perderiam o jogo. A semi final entre Alemanha e França é um daqueles jogos que podem ser chamados de épicos. Empate no tempo normal, duas viradas sendo que uma delas improváveis, novo empate na prorrogação e decisão nos penaltis para decidri o finalista. A Alemanha venceu, mas teve que suar para tal façanha. Depois de abrir o placar com Littbarski e ver a França empatar com Platini, viu a França tomar conta do jogo e ainda no primeiro da prorrogação abrir 3×1 no placar, gols de Tresor e Giresse, numa virada sensacional. Mas a tradição alemã pesou e numa reação ainda mais sensacional que a virada francesa a Alemanha buscou o empate, gols de Rummenigge e Fisher, levando a decisão para os penaltis. Nos penaltis destaque para Harald Schumacher goleiro alemão que pegou duas penalidades levando a Alemanha para a final contra a Italia.
A final foi jogada pelos cansados alemães contra uma revigorada, após vitórias contra Argentina, Brasil e Polonia, e descansada Italia. Após massacrar e dominar o jogo, inclusive tendo perdido um penalti, os italianos comemoraram o tri-campeonato depois de uma inconstestavel vitoria por 3×1. O artilheiro da competição Paolo Rossi abriu o placar, Tardelli e Altobelli fizeram 3×0 para a azzura e Breitner no finalzinho diminuiu marcando o de honra dos alemães.

O BRASIL

Muito se fala do futebol brasileiro na copa de 1982. A seleção de Tele Santana, realmente encantou o mundo todo com seu magico futebol? Para muitos o resultado foi uma das maiores injustiças da história das copas, ao lado das derrotas de Hungria e Holanda nas copas de 54 e 74 respectivamente. Mas vamos aos fatos. Realmente o futebol jogado foi, depois de 1970, o mais bonito jogado pela seleção brasileira em copas do mundo. O Brasil estreou contra a forte União Soviética. O Brasil apesar da vitória final por 2×1, o Brasil foi dominado pelos russos que não fosse o arbitro ter feito vistas grossas em dois penaltis nao marcados abririam 3×0 e dificilmente perderiam o jogo. Mas como o se nao joga, em duas belas jogadas Sócrates e Éder viram o placar dando mais sossego para a equipe canarinho no decorrer da competição. O segundo jogo foi contra a Escocia. Novamente jogando mal o time viu os britanicos abrirem o placar. Porém a qualidade dos brasileiros foi maior e numa bela virada o Brasil chegou a segunda vitória. 4×1 gols de Zico, Oscar, Eder e Falcão. No terceiro jogo, já classificado o Brasil entrou em campo apenas para dar espetaculo contra a fraca Nova Zelandia. 4×0, 100% de aproveitamento e calssificação para a segunda fase. O grupo da segunda fase era mortal. A campeã Argentina defendendo o título e a tradicionalissima mas instavel Italia. A estreia nessa fase foi contra a Argentina. E num jogo perfeito, o Brasil fez 3×1 nos atuais campeões com gols de Zico, Serginho e Junior, gols esses que davam a vantagem do empate contra a Italia que havia vencido os argentinos por 2×1.
Brasil e Italia fizeram um jogo sensacional. Outro épico dessa copa do mundo. Apesar de jogar pelo empate o Brasil foi para cima em busca da vitória, mas nao esperava que a Italia, inspiradissima aquele dia faria seu tradicional jogo defensivo e de contra ataques, conseguisse lhe fazer frente. Mas foi o que aconteceu. Logo aos 5 minutos Paolo Rossi abre o placar para a Italia numa cabeçada no meio da defesa brasileira. O Brasil nao se fez de rogado e foi para cima e sete minutos depois Zico lançou Socrates que invadiu e completou para o gol de Zoff, empatando o jogo. O Brasil continuou em cima, pressionando, mas a defesa italiana conseguia conter o impeto brasileiro e ainda apertava a saída de bola brasileira. E numa dessas saidas de jogo forçadas do Brasil, Paolo Rossi toma a bola e só para nas redes fazendo 2×1 para os italianos. No segundo tempo o Brasil, que tinha derrotado todos os adversários anteriores no segundo tempo, foi para cima e dominava a partida, quando após bela jogada pela direita, Falcão solta a bomba da entrada da área empatando o jogo. Mas como dizem os comentaristas, os times poderiam jogar por horas e horas que os italianos ganhariam aquele jogo. A Italia foi para cima e depois de um escanteio que a defesa brasileira assistiu, Paolo Rossi, que nao tinha marcado nenhum gol até aquele jogo, completa de cabeça para o gol anotando seu terceiro gol no jogo. O jogo continuou com o Brasil em cima sem sucesso e com a Italia se segurando à italiana. Oscar no ultimo segundo de jogo quase fez de cabeça o gol que daria a classificação, mas Zoff numa defesa espetacular evitou o gol classificando a Italia para as semi finais e colocando um ponto final no sonho brasileiro de tetra campeonato. Alguns ainda hoje dizem que o juiz da partida prejudicou o Brasil nao dando um penalti claro de Gentile em Zico, que teve sua camiseta rasgada pelo italiano, o que essas mesmas pessoas nao se lembram é que a Italia teve um gol mal anulado de Antoniogne que mataria completamente as esperanças brasileiras no jogo.

NUMEROS DA COPA

Campeão: Italia
Vice: Alemanha Ocidental
Terceiro: Polonia
Quarto: França
Artilheiro: Paolo Rossi (ITA) – 6 gols
Gols marcados: 146 (2,8 por jogo)
Publico: 2.109.723 (40.571 por jogo)

Itália - Tricampeã

A Tragedia do Sarria – Brasil 2×3 Italia

3 comentários para Espanha 1982

  • ALAN  disse:

    Mick Jagger despacha mais um

  • CASAGRANDE  disse:

    HUMM É HUM ÉÉÉÉÉ HUMMMM ………………………..NÃO SEI!

  • RODOLFO  disse:

    Nesse tem até video!!!! Ta longo mas está bacana…. Comentem!!!

Responder


*

Você pode usar as seguintes tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>